Quando virei dona de casa, já era mãe de duas crianças (sendo que uma delas era um bebê de seis meses). Tive que me acostumar com várias situações ao mesmo tempo e demorou um pouco até que eu pegasse mais ou menos o jeito da coisa. Demorou mais ainda para arrumar alguma maneira de tornar meu dia-a-dia (super corrido) em um esquema mais eficiente. Uma das primeiras coisas que comecei a fazer (e faço até hoje) é o planejamento de refeições.

Pode parecer complicado, mas é basicamente o processo de montar um cardápio (no meu caso semanal) e fazer suas compras de supermercado/feira de acordo com esse cardápio. Depois que comecei a fazer esse planejamento percebi que várias vantagens:

– Economia de tempo: sabendo o que eu vou cozinhar pela próxima semana, diminuiu consideravelmente o tempo que eu passo fazendo compras e o tempo que eu gasto preparando as refeições (já que eu não tenho que parar para pensar no que cozinhar em cima da hora).
– Economia de dinheiro: planejar as refeições deixa a lista de supermercado muito mais enxuta (já que você sabe exatamente o que vai usar) e evita a compra de coisas desnecessárias.
– Evita o desperdício de comida: como você já sabe o que vai usar, dá para evitar direitinho a compra exagerada de comida e é bem mais fácil de garantir que tudo o que você comprar, será usado.
– Escolhas mais saudáveis: Normalmente as escolhas não muito saudáveis de refeições são feitas em cima da hora. Se você planejar com antecedência, muito possivelmente vai fazer escolhas bem mais saudáveis de comida.

Então a minha rotina aqui em casa se dá da seguinte maneira: todo sábado eu faço compras de feira e também carnes. Então toda sexta de noite eu separo meia hora para fazer esse planejamento de refeições. No início vai tomar um pouco mais de tempo, mas rapidinho você pega o jeito. Eu sigo passos bem simples:

Primeiro passo: anotar o que eu já tenho em casa. Por mais que as compras aqui em casa sejam feitas para durar uma semana, sempre sobra uma coisinha ou outra da compra anterior. Sempre começo o planejamento anotando o que eu já tenho, assim uso tudo e evito desperdício.

Segundo passo: escolher as receitas. Já sabendo o que tenho em casa, posso escolher as receitas da semana. Eu gosto de variar bastante e levo em consideração as preferências (saudáveis!) das crianças para montar o cardápio. Desse jeito é mais fácil garantir que eles se alimentem bem. Para achar/salvar minhas receitas, eu uso bastante o Pinterest. Sempre escolho a quantidade de receitas de acordo com o número de refeições que faremos em casa naquela semana.

Terceiro passo: montar a lista de compras. Depois de escolher as receitas, calculo a quantidade de cada ingrediente que eu quero comprar. Depois é só anotar e sair para comprar.

Quarto passo: montar o cardápio semanal. Eu sei que já mencionei anteriormente que escolho as refeições da semana antes para depois montar a lista de compras. O problema (principalmente com orgânicos) é que nem sempre achamos todos os ingredientes. Separo então um momento depois das compras para substituir algum ingrediente no cardápio ou até uma refeição inteira, se for o caso. Nesse momento decido que dia vamos o tal coisa, levando em consideração o estado dos alimentos. O que estiver mais maduro, será consumido antes. Para montar esse cardápio, uso um modelinho adaptado da internet. Antes eu usava post its para organizar as refeições nos devidos dias (assim poderia trocá-las de lugar, caso precisasse). Atualmente uso o mesmo modelo, porém plastificado. Achei que ficou super prático e resistente. É só preencher com um marcador (evite os permanentes) e passar um pano úmido quando for apagar.

Para baixar esse modelinho de cardápio, clique na imagem abaixo:

Se você preferir um arquivo em .pdf editável (para preencher ainda no computador e imprimir pronto) é só clicar aqui.

Onde eu faço as minhas compras?

Compras de mercado (não-perecíveis/alguns industrializados/produtos de higiente/limpeza)  – a cada três semanas: Super Adega – Trecho 12 Lote 05 Condomínio Via Import Center – Guará, Brasília – DF (Clique aqui para ver no Google Maps)
Compras no açougue – a cada três/mês: Sobradinho Carnes – Q 12 CL 09, s/nº – Sobradinho, Brasília – DF (Clique aqui para ver no Google Maps)
Compras de feira (orgânicos/não-orgânicos/ovos/peixe/carne/castanhas/polpas) – todo sábado: CEASA – SIA Trecho 10, S/N – Guará, Brasília – DF – (Clique aqui para ver no Google Maps)

Para assistir meu vídeo sobre o assunto:

Não se esqueça de se inscrever no canal do blog!

Espero que o post possa te ajudar e, caso tenha alguma dúvida, é só comentar aqui embaixo. Um beijo =)

Compartilhe ❤