Alguns alimentos causam uma reação adversa em algumas pessoas e em outras não. Além disso, essa reação adversa pode se manifestar de várias maneiras – eczema, febre, vômito, enjôo, diarreia, falta de ar, rinite, etc. Logo, essa reação adversa pode ser uma alergia alimentar ou uma intolerância alimentar.

Os mais comuns são leite de vaca, ovo, amendoim, soja, peixe, frutos do mar e nozes. O que pode acontecer também é o que chamamos de reação cruzada, ou seja, alimentos diferentes podem induzir respostas alérgicas semelhantes no mesmo indivíduo. Isso ocorre porque certo alimento tem uma “parte semelhante” ao outro alimento que causa a alergia. Como assim?

Por exemplo, se você tem alergia ao pólen, você pode ter alguma reação a certas frutas in natura ou se você tem alergia ao amendoim, você pode ter reação a ervilha, soja ou outros feijões.

Essas manifestações alérgicas estão aumentando devido as mudanças nos hábitos alimentares. Atualmente, substituímos alimentos naturais, nutricionalmente equilibrados, por produtos industrializados que não há nenhum conteúdo nutricional. Muitas vezes, esses alimentos industrializados contêm milhões de aditivos alimentares na lista de ingredientes que o nosso corpo nem reconhece como “nutriente”. Ou seja, estamos agredindo o nosso corpo e ele PRECISA responder ativando o sistema imunológico. Aumentou mais da metade o consumo de refrigerantes, biscoitos, embutidos, fast food, etc.

Compartilhe ❤