Como eu já tinha dito aqui, um dos motivos da nossa viagem a Los Angeles foi o batizado da Nina. Os padrinhos dela, que já tínhamos escolhido muuuuito antes, moram lá. A madrinha da Nina, a Isabelle, entrou em contato com algumas igrejas e descobriu uma que aceitaria batizar um bebê de fora, a Catedral de Los Angeles. Conversei com a secretária da igreja por e-mail e enviei toda a documentação escaneada. Essa parte foi super fácil. Aqui em Brasília eu ainda tentei achar um vestido branco bonito para a Nina usar, não achei e ainda procurei nos Estados Unidos. No final ela acabou usando o mandrião da minha afilhada, filha da madrinha dela hehehehe.

O batizado foi comunitário, com mais outras quatorze crianças latinas e foi até bem rápido. Diferentemente de como foram os dos meninos (batizados aqui em Brasília) a Nina foi “mergulhada” (só até o peito) numa piscina batismal. Mas todo mundo teve que entrar: eu, meu marido, os padrinhos, o padre e a Nina. Foi tudo bem rapidinho e ela nem chorou!

Não fizemos uma festa porque nem tínhamos conhecidos lá, mas não deixamos de comemorar. A Isabelle já tinha ajeitado várias coisas fofas e inclusive encomendado lembrancinhas, então de noite fizemos uma mini-festa. Como a madrinha da Nina já tinha ajeitado tudo, a única coisa que eu fiz foi dar uma passada na Georgetown Cupcakes (sempre vi esses cupcakes na TV e morria de vontade de provar!) e comprar vários sabores diferentes.

Esses m&m’s foram feitos no site www.mymms.com! :)

Foi tudo simples, mas eu amei, de coração!

Eu só tenho a agradecer à Isabelle por ser uma amiga maravilhosa e uma madrinha tão boa e dedicada! <3

Veja mais posts sobrebatizado, Los Angeles, Nina
Compartilhe ❤