O hábito alimentar é formado desde a infância e não sofre influências somente da família, mas também do ambiente escolar. Devemos nos preocupar com a alimentação na escola que os nossos filhos estudam? Com certeza! A escola é o segundo lugar que influencia o hábito alimentar da criança.

Esses hábitos alimentares influenciarão no crescimento e desenvolvimento da criança, além de influenciar no aparecimento ou não de doenças crônicas não transmissíveis (obesidade, diabetes, hipertensão, etc).

Dessa forma sempre é importante acompanhar o cardápio da escola para saber o que está sendo oferecido ao seu filho. Fique de olho e SEMPRE pergunte se aquele pão de queijo ou aquele bolo que está no cardápio é industrializado ou caseiro. Observe se aquele biscoito maisena ou biscoito de polvilho são oferecidos diariamente ou algumas vezes.

Já as crianças que levam o lanchinho de casa podem levar alimentos saudáveis ou não, depende do hábito alimentar da família. Se a família só tem em casa biscoitos recheados, a criança só levará biscoito recheado. Se a família tem uma alimentação saudável, a criança levará alimentos bons a sua saúde.

O recomendado é que a criança não consuma nenhuma fonte de balinhas, biscoito recheado, suco de caixinha, açúcar nos lanches escolares. Tenha um consumo maior de frutas, sucos naturais, bolos simples e biscoitos simples.

Há crianças que almoçam e jantam nas escolas. Ficar atentos também quanto ao cardápio! É oferecido salada cozida? Crua? Esses alimentos realmente são colocados no prato do meu filho? Ele realmente come? É importante conversar com as professoras para saber se esse alimento está sendo posto no pratinho da criança e, se a criança realmente tem consumido.

Compartilhe ❤